Ministério das Relações Exteriores

Argentina

O Acordo Básico de Cooperação Técnica entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Argentina foi assinado em 9 de abril de 1996, com o objetivo de favorecer a abertura de novas oportunidades para a cooperação bilateral em temas definidos como prioritários para os governos dos dois países.

Cabe destacar a realização da III Reunião da Comissão Mista de Cooperação Técnica Brasil – Argentina, em Buenos Aires, no período de 21 a 25 de fevereiro de 2011. Na ocasião, foram avaliados os projetos implementados de 2008 a 2010, com ênfase para os êxitos logrados pela cooperação técnica em matéria de recursos hídricos, gestão de áreas protegidas, temas laborais, saúde, mapeamento geológico e tecnologia da informação.

Em 2011, foram concluídos os projetos "Educação a Distância (Software livre)” e "Mapeamento Geológico e de Recursos Minerais em Áreas de Fronteira”. Quanto ao tema de geologia, cabe ressaltar que os êxitos logrados pelo mencionado projeto ensejaram a continuidade da cooperação por meio do projeto "Implementação de uma Metodologia em SIG para a Cartografia Geológica e Temática ao Milionésimo e sua Aplicação no Projeto SIG América do Sul 1:1 M”, negociado por ocasião da referida Reunião da Comissão Mista.

Ao final de 2011, o programa bilateral era composto por projetos nos temas de pecuária, agricultura, trabalho e emprego, geologia, meio ambiente e saúde.

Os projetos que compõem a pauta com o país são:


PROJETOS EM EXECUÇÃO

1. Fortalecimento do Programa de Controle da Dengue
Fortalecer o Programa de Controle da Dengue na Argentina, por meio do intercâmbio de experiências em controle da doença.


2. Fortalecimento das Farmacopéias do Brasil e da Argentina e de seus Laboratórios Nacionais de Controle para a Criação de uma Farmacopéia Regional
Ampliar o escopo do trabalho desenvolvido no âmbito do Mecanismo de Integração e Coordenação Brasil-Argentina – MICBA, com vistas à criação futura de uma Farmacopéia Regional que possibilitará menor dependência da importação de Substâncias de Referência de outras Farmacopéias, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população e para o fortalecimento econômico da região.


3. Transferência de Cultivares e Técnicas para o Melhoramento das Batatas
Aumentar a variedade genética deste cultivo para elevar sua qualidade final e fortalecer as cadeias de produção e comercialização de batatas em ambos os países.


PROJETOS CONCLUÍDOS

4. Desenvolvimento de Capacidades em Gestão de Áreas Protegidas
Projeto concluído em dezembro de 2010
Fortalecer a capacidade do ICMBio e da APN para a gestão de áreas protegidas por meio da elaboração conjunta de documentos referenciais, tais como estudos comparativos das políticas e estratégias de ambos os países e suas realidades de trabalho.


5. Mapeamento Geológico e de Recursos Minerais em Áreas de Fronteira
Projeto concluído em fevereiro de 2011
Gerar cartas geológicas e temáticas e recursos minerais, insumos minerais para agricultura, linha de base ambiental e ordenamento territorial, capacitando pessoal das instituições envolvidas e intensificando o intercâmbio de informação entre as instituições parceiras.


6. Apoio Técnico à Implementação de um Banco de Leite Humano na Argentina
Projeto concluído em abril de 2012
Implementar um banco de referência nacional de leite humano na República Argentina, com um processo de transferência de tecnologia e de capacitação de profissionais com o fim de fortalecer as ações de programas de atenção à saúde materno-infantil.


SAF/Sul Quadra 2, Lote 2, Bloco B, 4º Andar, Edifício Via Office - CEP: 70.070-600 Brasil - Brasília – DF

Copyright 2012 - Agência Brasileira de Cooperação - Governo da República Federativa do Brasil