Ministério das Relações Exteriores

Costa Rica

O Programa de Cooperação Brasil – Costa Rica possui como marco jurídico o Acordo Básico de Cooperação Técnica, Científica e Tecnológica, firmado em 22 de setembro de 1997 e promulgado em 30 de dezembro de 1999.

Atualmente, o Programa de Cooperação abrange diferentes setores estratégicos para o desenvolvimento econômico e social da Costa Rica.

Além de temas tradicionais como agricultura e saúde, o Brasil tem prestado cooperação também nas áreas de serviços postais, bicombustíveis, modernização do setor de energia e modernização de sistemas de saneamento básico e tratamento de água, atendendo, na medida do possível, a todas as demandas costarriquenhas.

Em 2011, a execução financeira dos projetos aumentou notavelmente em relação ao ano anterior. Tal aumento ocorreu, sobretudo, devido aos avanços na execução do projeto de Banco de Leite Humano, à plena execução do projeto de modernização dos correios e à entrada em execução do projeto na área de comercialização de energia. Cabe ressaltar a importância da cooperação nesse setor, que atualmente conta com dois projetos destinados a atender às demandas de modernização do setor energético costarriquenho, que está sendo remodelado de um mercado tradicionalmente monopolista para um mercado privatizado e orientado à competitividade.

A seguir, os projetos que compõem a cooperação técnica Brasil-Costa Rica:



EM EXECUÇÃO

1. Apoio Técnico para Implantação de Bancos de Leite Humano na Costa Rica

Implementar Banco de Leite Humano em referência Nacional na Costa Rica, por intermédio de processo contínuo de transferência de tecnologia e de capacitação de profissionais para estruturação das atividades de BLHs no País, com vistas a estabelecer bases para consolidação de rede capaz de fortalecer as ações dos programas de atendimento à saúde materna e infantil.

2. Alternativas de Produção de Bicombustível em Costa Rica

Capacitar técnicos costarriquenhos em técnicas agropecuárias, visando ao incremento da produtividade dos cultivos da mandioca e da mamona na Costa Rica, com ênfase na produção de bicombustível.

3. Desenvolvimento da Carreira Postal na Costa Rica

Definir e implantar um modelo de carreira postal compatível com as necessidades dos Correios da Costa Rica.

4. Vigilância da Saúde e Sistemas de Informação para a Vigilância

Fortalecer o processo de implementação e automatização do Sistema Nacional de Vigilância da Saúde da Costa Rica.

5. Análise da Institucionalidade dos Sistema Elétrico Brasileiro e da Aplicabilidade em um Novo Modelo de Mercado para o Setor elétrico da Costa Rica - Alcançes e Implementação

Analisar a evolução das instituições e o modelo do setor elétrico no Brasil a fim de determinar a sua aplicabilidade nas funções UEN CENCE na Costa Rica como operador do sistema e operador do mercado nacional de energia elétrica.

6. Modelo de Gestão Empresarial para a Unidade Estratégica de Negócios de Produção de Energia do ICE (Projeto ainda não registrado no NAF, mas já assinado por todas as Partes)

Apoiar o ICE a desenvolver competências para desenvolver novos modelos de estrutura organizacional e processos empresariais.

PROJETOS CONCLUIDOS

7. Modelagem de Programa de Capacitação e Otimização dos Processos de Serviços Postais nos Correios da Costa Rica

Melhorar a qualidade dos serviços postais na Costa Rica, para oferecer apoio aos programas governamentais do país, promovendo a inclusão social, facilitando a comunicação e o transporte de bens e mercadorias e propiciando a geração de empregos.

8. Aprimoramento de técnicas de produção de hortaliças sob ambientes protegidos na Costa Rica

Aprimorar a capacidade técnica dos produtores costarriquenhos no uso das técnicas de cultivo protegido.

9. Fortalecimento do Processo de Operação, Manutenção e Controle de Estações de Tratamento de Águas Residuais em Pequenas Coletividades Urbanas e Sistemas Lagunares

Fortalecer os processos de operação de estações de tratamento e sistemas lagunares, em nível nacional, por meio da realização de um diagnóstico conjunto, capacitação de funcionários e análise de novas tecnologias.


SAF/Sul Quadra 2, Lote 2, Bloco B, 4º Andar, Edifício Via Office - CEP: 70.070-600 Brasil - Brasília – DF

Copyright 2012 - Agência Brasileira de Cooperação - Governo da República Federativa do Brasil